foto de fonte de bancada ligada

Fonte de bancada: conheça as funções e saiba como escolher a sua

Se você está começando a aprender sobre eletrônica, ou então é um profissional da área, sabe muito bem que a precisão e a estabilidade da energia são cruciais para realizar um trabalho bem feito e sem dores de cabeça.

Por isso, é muito importante saber como funciona uma fonte de bancada, aparelho que vai te permitir realizar diversos trabalhos e projetos, desde um simples reparo até a criação de um protótipo.

Confira aqui tudo que você precisa saber sobre uma boa fonte de bancada!

O que é fonte de bancada?

Uma fonte de alimentação de bancada, ou simplesmente fonte de bancada, é um aparelho que fornece energia elétrica estável e precisa para os circuitos eletrônicos.

As fontes de bancada são feitas para serem usadas em oficinas ou laboratórios, e geralmente têm características especiais que as diferenciam das fontes de alimentação comuns, como ajuste de tensão e corrente de saída.

Só para que você não fique com dúvida caso veja alguém falando por aí: “fonte de laboratório” é apenas mais um nome para fonte de bancada.

Para que serve uma fonte de bancada?

A fonte de bancada é um aparelho super importante para realizar diversos tipos de trabalhos e projetos eletrônicos. Por isso, seu uso é praticamente indispensável.

Confira algumas funções da fonte de bancada:

Medir e testar circuitos

As fontes de bancada permitem medir as características elétricas dos circuitos, como tensão, corrente, e resistência, o que é muito importante para desenvolver e testar circuitos eletrônicos.

Consertar aparelhos eletrônicos

Sem dúvidas, muitos profissionais querem uma boa fonte de bancada para consertar aparelhos eletrônicos diversos.

Afinal, as fontes de bancada permitem fornecer uma fonte controlada de energia elétrica que alimenta componentes eletrônicos, circuitos e dispositivos em teste, tornando possível identificar os problemas e corrigi-los.

Criar protótipos

Agora, para quem tem a criatividade afiada e deseja se aventurar no universo da eletrônica, é essencial contar com uma fonte de bancada. Isso permite a alimentação precisa dos circuitos dos protótipos durante todo o processo de desenvolvimento.

Vale ressaltar que as fontes de bancada são equipadas com diversas proteções, assegurando o desenvolvimento adequado e seguro dos protótipos.

Isso capacita engenheiros, técnicos e outros profissionais do campo da eletrônica a testar e aprimorar seus projetos antes de dar início à produção em larga escala.

Quais são as funções da fonte de bancada?

A fonte de bancada é um aparelho completo e, por isso, possui muitas funções. Veja algumas das principais funções:

Fornecimento de Energia Controlada

Permitem a entrega controlada de energia elétrica aos circuitos e dispositivos em teste.

Ajuste de Tensão e Corrente

Possibilitam o ajuste preciso da tensão e corrente de saída, adaptando-se às necessidades específicas do componente ou circuito em teste.

Medição de Tensão, Corrente e Resistência

Algumas fontes de bancada incluem recursos de medição integrados para monitorar a tensão, corrente e, em alguns casos, resistência.

Proteções Integradas

Incluem proteções contra curto-circuito, sobrecarga de corrente e sobretensão para garantir a segurança dos dispositivos e do ambiente de trabalho.

Displays Digitais

Muitas fontes de bancada possuem displays digitais que exibem em tempo real a tensão, corrente e outras informações relevantes.

Saídas Múltiplas

Algumas fontes oferecem múltiplas saídas, permitindo alimentar vários circuitos simultaneamente.

Controles Precisos

Proporcionam controles precisos para criar condições específicas de operação e teste.

3 tipos de fonte de bancada

Existem diferentes tipos de fontes de bancada, cada uma com suas características específicas. Entenda:

1. Fontes lineares

As fontes lineares são dispositivos de alimentação elétrica que utilizam um método de regulação linear para fornecer uma tensão de saída estável aos circuitos e dispositivos conectados. 

Funcionamento das fontes lineares

As fontes lineares utilizam um dispositivo, geralmente um transformador, para reduzir a tensão da energia elétrica e um circuito regulador para manter estável a tensão de saída.

Estabilidade e ruído

As fontes lineares, devido à sua abordagem de regulação, oferecem um desempenho mais estável e geralmente geram menos ruído elétrico na saída.

Eficiência energética

No entanto, as fontes lineares podem ser menos eficientes em termos de energia quando comparadas a outros tipos, como fontes chaveadas. Isso se deve, em parte, ao fato de que as fontes lineares geralmente são maiores e podem dissipar mais calor.

Tamanho e custo

Em comparação com fontes chaveadas, as fontes lineares tendem a ser maiores e, por vezes, mais caras. Isso pode ser uma consideração importante em aplicações onde o espaço e o custo são fatores críticos.

Uso em aplicações específicas

Apesar de sua menor eficiência, as fontes lineares ainda são preferidas em algumas aplicações que requerem baixo ruído e estabilidade, como em equipamentos de áudio de alta qualidade ou em instrumentação de laboratório.

2. Fontes chaveadas

As fontes chaveadas utilizam um circuito de comutação para converter a tensão da energia elétrica em uma tensão de saída variável.

Aqui estão algumas características e benefícios associados às fontes chaveadas:

Eficiência energética

Uma das principais vantagens das fontes chaveadas é a eficiência energética. Elas operam de forma mais eficiente em comparação com as fontes lineares, o que significa que convertem mais energia elétrica em energia útil e dissipam menos energia na forma de calor.

Tamanho e peso compactos

Fontes chaveadas tendem a ser mais compactas e leves em comparação com fontes lineares. Isso é especialmente importante em dispositivos eletrônicos portáteis e aplicações onde o espaço é limitado.

Versatilidade de tensão de saída

As fontes chaveadas podem ser projetadas para fornecer uma variedade de tensões de saída, tornando-as versáteis para várias aplicações. Isso é alcançado por meio do controle do ciclo de trabalho do circuito de comutação.

Menor geração de calor

Devido à sua maior eficiência, as fontes chaveadas geram menos calor do que as fontes lineares. Isso pode ser considerado crucial em dispositivos onde o gerenciamento térmico é crítico.

Desvantagens

Apesar de suas vantagens, as fontes chaveadas podem ter desafios como a geração de ruído elétrico (EMI) e flutuações na tensão de saída, especialmente em aplicações sensíveis a esses fatores. Medidas adequadas de filtragem e regulação são necessárias para mitigar esses problemas.

Aplicações comuns

Fontes chaveadas são amplamente utilizadas em eletrônica de consumo, carregadores de dispositivos, eletrônicos automotivos, equipamentos de comunicação, fontes de alimentação de computadores e muitas outras aplicações.

3. Fontes programáveis

As fontes de alimentação programáveis são dispositivos avançados que oferecem uma gama de recursos projetados para atender às necessidades específicas de aplicações complexas e exigentes. Vamos explorar mais detalhes sobre essas fontes:

Controle preciso

A principal característica das fontes programáveis é o controle preciso da tensão e corrente de saída. Isso é fundamental em cenários onde a precisão é crucial, como no desenvolvimento de dispositivos eletrônicos sensíveis ou na realização de testes precisos.

Capacidade de programação

A capacidade de programação permite que os usuários configurem e automatizem a saída da fonte de alimentação de acordo com padrões específicos, perfis de teste ou requisitos de projeto. Isso é particularmente útil em situações onde há a necessidade de alterar dinamicamente os parâmetros elétricos durante um teste ou experimento.

Versatilidade em aplicações complexas

As fontes programáveis são ideais para aplicações mais complexas, como testes de dispositivos eletrônicos, desenvolvimento de circuitos integrados, simulações dinâmicas e outras situações em que é necessário um controle flexível e preciso da energia fornecida.

Integração em sistemas automatizados

Muitas dessas fontes podem ser integradas em sistemas automatizados de teste e medição, permitindo uma abordagem mais eficiente e programática para o desenvolvimento e teste de produtos eletrônicos.

Recursos de proteção avançados

Além da capacidade de programação, essas fontes geralmente incluem recursos avançados de proteção, como limites de corrente, limites de tensão, proteção contra sobrecarga térmica e outros mecanismos de segurança.

Controle remoto e interfaces de comunicação

Algumas fontes programáveis oferecem a conveniência do controle remoto, permitindo que os usuários ajustem os parâmetros à distância. Além disso, muitas têm interfaces de comunicação, como USB, Ethernet ou GPIB, para integração com sistemas de controle e aquisição de dados.

Uso em pesquisa e desenvolvimento

São amplamente empregadas em ambientes de pesquisa e desenvolvimento, laboratórios de eletrônica avançada, universidades e centros tecnológicos, onde a precisão e a adaptabilidade são essenciais.

Por fim, as fontes programáveis desempenham um papel crucial em ambientes que demandam controle preciso, flexibilidade e automação em suas aplicações elétricas. Essas características fazem delas uma escolha fundamental para profissionais envolvidos em desenvolvimento eletrônico, teste e pesquisa avançada.

Escolha a melhor fonte de bancada na Smart Kits!

Na Smart Kits você encontra ótimas opções de fonte de bancada com o melhor custo-benefício, além de diversos outros equipamentos e componentes eletrônicos!

Clique aqui para comprar fonte de bancada

Post navigation

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sinais e Geradores de Função

Modulação por Largura de Pulso (PWM)