mãos masculinas usando solda eletrônica

Solda eletrônica: como fazer a soldagem de componentes de forma eficaz

A solda eletrônica pode parecer assustadora para quem está começando, mas não se preocupe, nós da Smart Kits vamos explicar de maneira prática essa técnica.

Além disso, você também vai conferir quais equipamentos utilizar e dicas indispensáveis para fazer uma solda eletrônica perfeita.

Boa leitura e um ótimo aprendizado!

Como fazer sua primeira solda eletrônica

Preparação do local de trabalho

Antes mesmo de colocar a mão na massa, é preciso preparar a sua estação de trabalho para que não tenha nenhum imprevisto na hora de fazer uma solda eletrônica.

Confira as nossas sugestões:

Ter uma boa iluminação

É preciso ter bastante precisão para trabalhar com solda eletrônica, afinal, muitas vezes precisamos manusear componentes eletrônicos muito pequenos. Por isso, é muito importante ter uma boa visibilidade.

Um dos equipamentos mais utilizados para trabalhar com eletrônica é uma lupa luminária articulada para bancada, pois além de ajudar na visualização, também ilumina muito bem.

Então, recomendamos que invista em uma iluminação de qualidade para trabalhar com mais precisão, evitar erros e cansaço nos olhos durante o trabalho.

Garantir uma boa ventilação

Dependendo dos equipamentos e componentes utilizados, a soldagem eletrônica pode liberar vapores tóxicos que fazem mal à saúde. Por isso, é importante ter uma boa circulação de ar no local.

Para isso, você pode utilizar exaustores, ventiladores ou aproveitar a ventilação natural para dissipar esses fumos. Recomendamos o exaustor HK-707 da marca Hikari que conta com um filtro de carvão ativado capaz de dispersar a fumaça tóxica liberada pela solda, assim protegendo o operador e preservando sua saúde.

Manter o local de trabalho arrumado e limpo

Mantenha sua bancada de trabalho livre de coisas que não são necessárias e organize todos os fios e ferramentas. Isso além de facilitar o seu trabalho, ainda ajuda a evitar acidentes.

Solda eletrônica na prática!

Soldagem de componentes eletrônicos em placas de circuito

Para o nosso exemplo, vamos utilizar itens comuns, que todo profissional da eletrônica conhece e utiliza no dia a dia, como resistores, LEDs e placas de circuito.

Selecione os componentes que deseja soldar

O primeiro passo é preparar os componentes para receber a solda. No caso de LEDs,  é necessário ter atenção aos pinos de alimentação, ânodo e cátodo. 

Para  resistores, fique atento aos seus códigos de cores (representadas nas faixas do componente), que correspondem a valores relacionados à resistência.

Insira o componente na placa de circuito

Insira o componente utilizado nos furos da placa de circuito, depois vire a placa e dobre as conexões para fora em um ângulo de 45°.

Ligue o ferro de solda para aquecer a conexão

O próximo passo é ligar o ferro de solda em uma temperatura acima do ponto de fusão da solda utilizada, geralmente por volta dos 180ºC para derreter o material e conectar o componente na placa.

Lembra que você dobrou a conexão do componente? Isso serve para aproximar ao máximo esse material da placa de circuito. Agora, você precisa encostar a ponta do ferro de solda nessa junção, ou seja, na conexão e na placa ao mesmo tempo.

Mantenha o ferro de solda nessa posição por até 4 segundos no máximo.

Dica: sempre cheque as superfícies dos componentes e a ponta do ferro de solda e certifique-se que estão limpas para fazer a sua solda eletrônica. Restos de materiais, poeira e gordura podem prejudicar a qualidade do seu trabalho.

Para limpar, utilize uma esponja vegetal umedecida ou uma esponja metálica.

Aplique a solda na junção criada

Agora que você criou uma junção entre o componente e a placa, pegue o seu fio de solda e encoste a ponta dele em cima dessa junção.

O ideal é aplicar a solda logo após aquecer a conexão do componente, ainda com o ferro de solda encostado na placa. Ou seja, você encosta a ponta do fio de solda durante o processo de junção (etapa anterior).

Porém, se você for iniciante, você pode encostar o ferro de solda diretamente na ponta do fio de solda. Ao criar uma “bolha” de material derretido, encoste na junção criada entre o componente e a placa.

Mas atenção: neste último método, você precisa ser rápido, pois se a solda não estiver quente o suficiente quando você levar até a junção, você pode criar uma conexão ruim.

Corte o excesso da conexão

Por fim, quando tudo estiver frio e bem aplicado, basta cortar o que sobrou da conexão do componente.

Equipamentos e materiais mais utilizados em solda eletrônica

São muitos os equipamentos e materiais utilizados em solda eletrônica. Dentre eles, podemos citar:

Sabe onde você pode encontrar todos os equipamentos e materiais para realizar a sua solda eletrônica? Na Smart Kits!

Conheça a nossa loja virtual e garanta o melhor custo-benefício do mercado.

Comprar materiais para solda eletrônica

Post navigation

Deixe um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PWM: saiba o que é e como utilizar esse recurso

Corrente elétrica: saiba como encontrar e calcular