Arduino Uno

Já falamos sobre Arduino de um modo e geral e apresentamos alguns modelos existentes no mercado, mas hoje o post será dedicado ao Arduino Uno. Esse modelo é bastante familiar entre nós pela simplicidade de utilização, programação parecida com a C++ e especialmente o seu custo. Se você chegou aqui de paraquedas, recomendo que primeiramente veja esse post que fala sobre o que é arduino e os seus modelos.

Informações Arduino Uno

O modelo Uno é uma  placa de desenvolvimento de microcontrolador de código aberto baseada no microcontrolador ATMEGA328P, projetado para fornecer a plataforma simples e barata para os entusiastas e estudantes para projetar seus projetos de sistemas digitais e embarcados.

Arduino Uno

 

Processador 

É onde tudo acontece, é o cérebro desta placa, é ai que fica gravado o código e que será executado. Com esse dispositivo é possível um hardware para fazer funções específicas de uma maneira fantasticamente simples e poderosa.

Porta USB

A porta USB é usada para estabelecer uma conexão entre a placa de Arduino e o computador. É através dela que é  gravado o código no processador, mas vale ressaltar que quando se grava um novo código o anterior é descartado,  sempre fica apenas o último código gravado. Além disso também é usada para a alimentação da placa,mesmo com a proteção na placa, não recomendamos pois pode danificar a entrada USB do computador.

Pino para Alimentação externa

É utilizada para alimentar a placa quando ela não estiver sendo alimentada pela porta USB para conexão com o computador. Ou seja, depois que o código for gravado, para manter o Arduino energizado, deve-se conectar uma fonte externa a este pino.

Pinos de Energia

Estes pinos fornecem energia para dispositivos externos como por exemplo sensores e atuadores. Basta ter atenção com a tensão do dispositivo para saber se deve alimentá-lo com 3.3 V ou 5 V.

  • Vin: Este pino alimenta o dispositivo externo a mesma tensão que o Arduino está recebendo. Ou seja, se o Arduino estiver sendo alimento por 12 V, esse pino fornece 12 V.
  • 3,3V: Este pino fornece a 3.3 volts a dispositivos externos.
  • 5 V: Este pino fornece 5 volts a dispositivos externos.
  • GND: Este fornece 0 V a dispositivos externos, é o terra.
  • IOREF: Este fornece a tensão de referência  com que o microcontrolador está operando.
  • AREF: Este fornece a tensão de referência para as entradas analógicas

Reset

Este botão serve para reiniciar o Arduino. Após ser precionado, o Arduino começa a ler o código do início.

Pinos Digitais

O Arduino Uno oferece 14 portas digitais que podem ser utilizadas tanto para entrada como para saída  que podem controlar até 14 dispositivos externos.

Grandeza digital é aquela que apresenta valores discretos.

Portas PWM

Em 6 portas digitais(11, 10, 9, 6, 5 e 3) há o símbolo de uma onda senoidal  “~” que representa que são portas PWM,ou seja, são portas que simulam uma porta analógica.

Portas Analógicas

São portas de entrada analógica, ou seja, são usadas para recebem sensores de entrada analógica.

Grandeza analógica é aquela que apresenta valores continuos.

Portas RX e TX

Assim como as portas PWM, há também duas portas digitais com sinalização de RX e TX. São portas usadas para comunicação serial e por isso é bom evitar usá-las como entrada ou saída digital.

Portas (I2C)SCL e (I2C)SCA

O I2C é um protocolo de comunicação entre o Arduino e outro dispositivo externo, como  relógios de tempo real,  sensores diversos displays LCD. Especialmente usado para curtas distancias, média velocidade,  e necessita de apenas dois fios para comunicação (SDA – dados , e SCL (clock).

Portas (SPI)MISO,(SPI)MOSI,(SPI)SCK e (SPI)SS

SPI é um protocolo de dados seriais síncronos utilizado em microcontroladores para comunicação entre o microcontrolador e dispositivos externos. Também pode ser utilizado para comunicar dois microcontroladores.

A comunicação SPI tem que ter um mestre e por isso os outros dispositivos são os escravos.  Por exemplo, o arduino é o mestre e o dispositivo externo é o escravo. Esta comunicação contém 4 conexões:

  • MISO (Master IN Slave OUT) – Dados do escravo para mestre;
  • MOSI (Master OUT Slave IN) – Dados do Mestre para escravo;
  • SCK (Serial Clock) – Clock de sincronização para transmissão de dados entre o mestre e escravo;
  • SS (Slave Select) – Seleciona qual escravo receberá os dados.

Cristal oscilador

É como se fosse um coração. O Cristal determina com ritmo preciso do tempo em equipamentos eletrônicos, como relógio, cronômetro e etc, além disso, mantém a frequência com grande precisão de estações de rádio e de telecomunicação.

Pinagem Arduino Uno

 

Ambiente de Desenvolvimento Integrado (IDE)

É um software onde você usa para programar a sua placa Arduino, ou seja, é o local onde você escreve  seus códigos de maneira satisfatória, rápida e eficiente.

 

Acesse o site oficial da empresa Arduino.cc você pode baixar a IDE de programação do Arduino Uno. Segue o passo a passo: 

 

  • 1 – Acesse o site www.arduino.cc;
  • 2 – Vá na aba de software;
  • 3 – Clique na aba de download;

 

IDE Arduino

  • 4 – Clique no link de acordo com o seus sistema operacional. O Arquivo está disponível para Windows,Mac OS e Linux;

IDE Arduino

Antes de doar a empresa informa que o software é gratuito mas que caso você queria, pode deixar uma colaboração financeira. Vá para o passo 5 se quiser doar e senão, vá para o passo 6.

  • 5 – Caso queira doar;
  • 6 – Caso não queira;
  • 7 – Aguarde o download finalizar;

IDE Arduino

  • 8 – Acesse a pasta Download em seu computador;
  • 9 – Clique no arquivo do arduino que foi baixado, pode aceitar executar como administrador;
  • 10 – Clique em ” I Agree” para aceitar os termos;

 

IDE Arduino

  • 11 – Aperte em ” Next ” para avançar;
  • 12 – Aperte em ” Install ”  para começar a instalação;
  • 13 –  Espere a barra completar;
  • 14 – A IDE do Arduino foi instalada com sucesso, clique em ” Close ” para fechar o processo de instalação que acabou;

IDE Arduino

  • 15 – Apareceu o ícone do Arduino na sua área de trabalho, clique para abrir a IDE do Arduino.

Pronto, sua IDE está instalada com sucesso e está pronto para iniciar os projetos com a gente!

Ficamos por aqui!

O nosso próximo post será uma prática com o Arduino UNO. Até próxima semana, pessoal! Sintam-se a vontade em entrar em contato conosco através das nossas redes sociais.

 

 

Carla Herminia

Estudante de Engenharia Mecatrônica pelo IFCE. Colaboradora da Smart Kits. Atualmente aprofundando-se no universo do Arduino e compartilhando aprendizado no blog da Smart Kits.

Post navigation

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como usar o Módulo Joystick 5D Rocker JY50

Sensor de Radiação Ultravioleta com Arduino

Placa Arduino: Open Software e Open Hardware